LUMINOSO

PLAY

domingo, 13 de março de 2011

Caderno de Leitura

Texto para Caderno de Leitura








Leitura













 Para os Pequenos












http://professoravivianferreira.blogspot.com/search/label/Bordas%20pedag%C3%B3gicas
Organizado por: Professora Marcia Valeria

Alfabetização-atividades com a letra B

Nas três atividades abaixo, a escrita de palavras com a família silábica do B.
Os quadrinhos são propositais para que a criança escreva cada sílaba separada e fixe o conceito da escrita.
Atividades em um quarto de folha de sulfite, para recortar e colar no caderno da criança.



OBS.: Comentário da Amiga Professora Elaine.  "...na primeira tarefinha desse post (escrever os nomes das figuras utilizando as sílabas), a BOIA está com um quadro a mais para a separação silábica. Na proposta da atividade, a separação silábica seria BO-I-A. Mas a separação correta é BOI-A (Vide Dicionário Aurélio). Isso, porque ela é uma paroxítona que recebia acento por causa do ditongo aberto "OI" (e ditongos não se separam). Com a nova regra ortográfica, nessa situação esse ditongo não recebe mais o acento gráfico agudo, mas a separação silábica permanece a mesma.




Na atividade abaixo a ênfase na mudança de vogal para a produção de cada som.


Pequena atividade para caderno, onde a criança vai escrever em cada espaço a sílaba que a professora ditar.










Alfabetização unida à Matemática na contagem de letras dos nomes das figuras.


Fonte: http://bancodeatividades.blogspot.com/2009/09/alfabetizacao-atividades-com-letra-b.html
Organizado por: Professora Marcia Valeria

É correto afirmar que irmãos gêmeos não devem ficar na mesma sala?


Sim. O ideal é que eles freqüentem espaços diferentes porque a escola é um lugar de construção de relacionamentos, onde ocorrem a formação do sujeito e o exercício de valores. É o local em que o ser humano aprende a lidar com sucessos e frustrações e conviver em grupo. Com tantos aspectos importantes e substancialmente individuais, fica difícil construir uma identidade própria com alguém do mesmo núcleo familiar e muito parecido fisicamente: as comparações entre um e outro serão constantes. A constituição como um ser único e pleno somente vai ocorrer de forma particular se os gêmeos estiverem em turmas diferentes. As experiências de cada um deles serão realmente exclusivas, principalmente na infância, etapa da vida recheada de sentimentos e lembranças.


http://revistaescola.abril.com.br/educacao-infantil/0-a-3-anos/educacao-infantil-irmaos-gemeos-450607.shtml
Organizado por: Professora Marcia Valeria

O que é bullying?

Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato.

“É uma das formas de violência que mais cresce no mundo”, afirma Cléo Fante, educadora e autora do livro "Fenômeno Bullying: Como Prevenir a Violência nas Escolas e Educar para a Paz" (224 págs., Ed. Verus, tel. (19) 4009-6868 ). Segundo a especialista, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, famílias, vizinhança e locais de trabalho. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa. Além de um possível isolamento ou queda do rendimento escolar, crianças e adolescentes que passam por humilhações racistas, difamatórias ou separatistas podem apresentar doenças psicossomáticas e sofrer de algum tipo de trauma que influencie traços da personalidade. Em alguns casos extremos, o bullying chega a afetar o estado emocional do jovem de tal maneira que ele opte por soluções trágicas, como o suicídio.

Nos links, abaixo, você encontra respostas para as dúvidas mais recorrentes relativas ao tema. Como o tema suscita novos debates a cada dia, publicamos durante dezembro um fórum com a consultora Adriana Ramos, pesquisadora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e coordenadora do curso de pós-graduação “As relações interpessoais na escola e a construção da autonomia moral”, da Universidade de Franca (Unifran).

Adriana Ramos. Foto: Marina Piedade
Adriana Ramos, especialista
em conflitos na escola

O bullying é uma das formas de violência que mais cresce no mundo. Caracterizado como atos intencionais, verbais ou físicos, feitos de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas, esse tipo de agressão gera muitas dúvidas em educadores e pais.
Durante o mês de dezembro, a pesquisadora da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e coordenadora do curso de pós-graduação “As relações interpessoais na escola e a construção da autonomia moral”, da Universidade de Franca (Unifran).
http://revistaescola.abril.com.br/crianca-e-adolescente/comportamento/bullying-escola-494973.shtml
Organizado por: Professora Marcia Valeria

Como agir quando uma criança da creche ou da pré-escola se masturba muito?

O primeiro passo é falar com ela para tentar entender o que está ocorrendo. Uma simples coceira, por exemplo, pode motivar a insistência em tocar os órgãos genitais. Não convém reprimi-la, apenas ouvi-la e orientá-la corretamente.
Em outros casos, a criança pode estar passando por um período de ansiedade por causa de um acontecimento pontual na família, como a chegada de um novo irmão, e a masturbação seria o caminho encontrado por ela para extravasar esse sentimento.
Uma conversa com os pais poderá ser útil para investigar se houve mudança na rotina e nos hábitos da criança. De qualquer forma, o ideal é não transferir o problema para a família antes de tentar solucioná-lo com a própria criança no âmbito da escola.
Basta o educador chamá-la para uma conversa em particular, fora da sala, em que deve explicar que tocar as partes íntimas do corpo é algo muito pessoal e que não deve ocorrer em público. O único cuidado é não olhar para a sexualidade infantil como se olha a sexualidade do jovem ou do adulto, tendo a clareza de que, para a criança, o ato não envolve nenhuma malícia.
 
http://revistaescola.abril.com.br/educacao-infantil/0-a-3-anos/como-agir-quando-crianca-creche-ou-pre-escola-se-masturba-muito-602491.shtml
Organizado por: Professora Marcia Valeria

Atividades com a Letras B e M



Fonte: https://picasaweb.google.com/cricabido/TindolelLetrasBAZ#
Organizado por: Professora Marcia Valeria

https://www.elo7.com.br/meuquartinhoateliemv/loja

Comprar este produto

Café Marita

Café Marita
Emagreça com Saúde - CLIQUE AQUI

Contadores

Filmes Educacionais

  • Escritores da Liberdade
  • Filhos do Silêncio
  • Meu Mestre minha Vida
  • Nell
  • O Livro Perigoso
  • O Milagre de Anna Sullivan
  • O Nome da Rosa
  • O Triunfo
  • O Óleo de Lorenzo
  • Sociedade dos Poetas Mortos

PESQUISE POSTAGENS NO SITE

PARTICIPE!

Clique em PARTICIPAR deste site. OBRIGADA e Volte sempre!

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.

INSTITUTO NACIONAL EDUCAÇÃO DE SURDOS

ACESSOS...



1.000.000 Acessos

Meus Agradecimentos...


16/11/2013 - 1.500.000 Acessos! Obrigada Senhor!




Google+ Followers

Recent Visitors