CLIQUE NO PLAY

sábado, 21 de abril de 2012

Paulo Freire é declarado patrono da educação brasileira

"Professores" doutrinados agora irão idolatrar o doutrinador...
Nada está tão ruim que não possa piorar!








Agência Brasil - O Globo


BRASÍLIA - O Diário Oficial da União publica nesta segunda-feira a lei que declara o educador Paulo Freire patrono da educação brasileira. O projeto de lei foi aprovado no início de março pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, em decisão terminativa, por unanimidade.

Paulo Reglus Neves Freire (1921-1997) foi educador e filósofo. Considerado um dos principais pensadores da história da pedagogia mundial, influenciou o movimento chamado pedagogia crítica. Sua prática didática fundamentava-se na crença de que o estudante assimilaria o objeto de análise fazendo ele próprio o caminho, e não seguindo um já previamente construído.

Freire ganhou 41 títulos de doutor honoris causa de universidades como Harvard, Cambridge e Oxford. Foi preso em 1964, exilou-se depois no Chile e percorreu diversos países, sempre levando seu modelo de alfabetização, antes de retornar ao Brasil em 1979, após a publicação da Lei da Anistia.


Postado por: Professora Marcia Valeria

www.webradioconexao.net curta no facebook https://www.facebook.com/emconexaocomomundo/

www.webradioconexao.net  curta no facebook https://www.facebook.com/emconexaocomomundo/
Clique na imagem e conheça nosso site.

Professora Marcia Valeria

EVANGÉLICOS PELO ESCOLA SEM PARTIDO

EVANGÉLICOS PELO ESCOLA SEM PARTIDO
Clique no símbolo e vá para nossa TL.

Contadores

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.