LUMINOSO

PLAY

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Emagrecimento - Estudo: qualquer dieta funciona, desde que seguida corretamente.


Pesquisa concluiu que, a curto prazo, métodos que pregam restrição de carboidrato ou de gordura são igualmente eficazes para perda de peso.



Emagrecimento e dieta.
Emagrecimento e dieta (Thinkstock/VEJA)
De tempos em tempos, uma nova dieta ganha adeptos com a promessa de ser mais eficaz do que as conhecidas até então. De acordo com um novo estudo, porém, qualquer regime funciona – desde que seguido da forma correta.
CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Comparison of Weight Loss Among Named Diet Programs in Overweight and Obese Adults: A Meta-analysis​

Onde foi divulgada: JAMA

Quem fez: Bradley Johnston, Steve Kanters, Kristofer Bandayrel, Ping Wu, Faysal Naji, Reed A. Siemieniuk, Geoff Ball, Jason Busse, Kristian Thorlund, Gordon Guyatt, Jeroen Jansen e Edward Mills

Instituição: Universidade McMaster, Canadá

Resultado: Dietas que pregam a restrição de carboidrato e as que recomendam cortar gordura são igualmente eficazes na perda de peso, desde que seguidas corretamente.
A pesquisa, feita na Faculdade de Medicina da Universidade McMaster, no Canadá, se baseou em uma análise de 48 estudos clínicos realizados com mais de 7 200 adultos obesos ou com sobrepeso. Esses trabalhos olharam para o impacto de dietas que restringem carboidratos, como a do Dr. Atkins, e das que cortam o consumo de gordura em um período de até um ano. 
Os pesquisadores concluíram que a diferença entre as duas estratégias é "relativamente pequena". A análise revelou que, em comparação com pessoas que não seguem nenhuma dieta, aquelas que reduzem o consumo de carboidratos emagrecem, após seis meses, 8,6 quilos; e as que seguem a dieta com pouca gordura, 7,7 quilos. No entanto, após um ano, essas duas abordagens parecem surtir os mesmos efeitos (contanto que sejam seguidas corretamente): perda de 7,2 quilos.
Auxílio — Ainda de acordo com a pesquisa, participar de grupos de apoio ao fazer dieta pode ajudar a diminuir o peso em até 3 quilos em seis meses. Já a prática de exercício físico pode colaborar com mais 2 quilos perdidos em um ano. Os resultados foram publicados na edição desta semana da revista médica JAMA.
"Nossos achados são importantes porque muitos pacientes podem ter dificuldade em aderir a dietas restritivas e muito difíceis de serem mantidas. O estudo sugere que os pacientes podem escolher, entre as dietas associadas com as maiores perdas de peso, a que seja menos desafiadora para eles", dizem os autores no artigo.


1 de 9

Fazer dietas rigorosas demais


Regimes restritivos estão fadados a terminar um dia, mas quem sofre com obesidade ou sobrepeso terá que lidar com esse problema para sempre. Dietas que restringem nutrientes essenciais, como carboidratos, proteínas ou gorduras, além de não funcionarem a longo prazo, são prejudiciais à saúde, já que as refeições deixam de ser balanceadas. "O ideal é um planejamento alimentar pensado para cada pessoa, pois cada um tem organismo, genética e rotina diferentes", explica o endocrinologista Bruno Geloneze.
Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/saude/estudo-qualquer-dieta-funciona-desde-que-seguida-corretamente

Mais um laboratório vai testar vacina contra o Ebola.

Epidemia

Johnson & Johnson é a segunda farmacêutica a anunciar que estudará a vacina contra o vírus em seres humanos

Foto 1 / 22
AMPLIAR FOTOS
Enfermeiro trabalha na remoção e enterro de uma vítima de Ebola no Estado da Virgínia, nos arredores de Monrovia, na Libéria
Enfermeiro trabalha na remoção e enterro de uma vítima de Ebola no Estado da Virgínia, nos arredores de Monrovia, na Libéria - Ahmed Jallanzo/EFE
A farmacêutica Johnson & Johnson anunciou nesta quinta-feira que vai testar uma vacina contra o ebola em seres humanos a partir do início do ano que vem. O laboratório decidiu acelerar a pesquisa diante da situação da epidemia da doença no oeste africano, que já é a maior da história. Até então, a expectativa da empresa era dar início ao estudo clínico no final de 2015 ou em 2016.
Esse é o segundo laboratório que decide iniciar estudos clínicos sobre formas de imunização contra o ebola. A GlaxoSmithKline (GSK) divulgou recentemente que deve começar testes em torno de outra vacina ainda neste mês.
A vacina da Johnson & Johnson vem sendo desenvolvida com tecnologia da empresa de biotecnologia dinamarquesa Bavarian Nordic. O objetivo inicial do laboratório era criar uma vacina contra mais de um tipo do vírus ebola, mas a pesquisa foi simplificada para que pudesse ser concluída o quanto antes. O estudo testará uma vacina que protege somente contra a cepa responsável pelos casos da doença no oeste africano.
Surto – A atual epidemia de ebola na África Ocidental já totaliza mais de 3500 casos e 1900 mortes. Nesta quarta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) advertiu que, ao menos nos próximos seis meses, não será possível conter a transmissão do vírus.

Entenda o surto de ebola na África

1 de 5

O que é o ebola?


O vírus ebola foi descoberto em 1976 a partir de diagnósticos simultâneos na República Democrática do Congo e no Sudão, na África. Ele provoca uma grave doença conhecida como febre hemorrágica ebola, que pode afetar seres humanos e primatas, como macacos e chimpanzés. O surto de ebola pode chegar a provocar a morte de 90% das pessoas infectadas. Atualmente, não existe vacina e nem cura para a doença.
(Com Reuters)

https://www.elo7.com.br/meuquartinhoateliemv/loja

Comprar este produto

Café Marita

Café Marita
Emagreça com Saúde - CLIQUE AQUI

Contadores

Filmes Educacionais

  • Escritores da Liberdade
  • Filhos do Silêncio
  • Meu Mestre minha Vida
  • Nell
  • O Livro Perigoso
  • O Milagre de Anna Sullivan
  • O Nome da Rosa
  • O Triunfo
  • O Óleo de Lorenzo
  • Sociedade dos Poetas Mortos

PESQUISE POSTAGENS NO SITE

PARTICIPE!

Clique em PARTICIPAR deste site. OBRIGADA e Volte sempre!

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.

INSTITUTO NACIONAL EDUCAÇÃO DE SURDOS

ACESSOS...



1.000.000 Acessos

Meus Agradecimentos...


16/11/2013 - 1.500.000 Acessos! Obrigada Senhor!




Google+ Followers

Recent Visitors