LUMINOSO

PLAY- CLIQUE PARA OUVIR A WEB RÁDIO CONEXÃO,NET

domingo, 22 de abril de 2012

Dia 22 de Abril - Descobrimento do Brasil



































Especial Descobrimento do Brasil para crianças. Leitura fácil e divertida para ensinar as crianças.


DESCOBRIMENTO DO BRASIL


Descobrimento do Brasil
Quem descobriu o Brasil?
Foi Pedro Álvares Cabral no dia 22 de abril de 1500!
A expedição organizada pelos portugueses a pedido do Rei Dom Manuel tinha como objetivo repetir o feito de Vasco da Gama e chegar às Índias. Estavam em busca de metais preciosos, como o ouro e a prata, e especiarias!
Não se sabe ao certo por que Cabral desviou tanto a 
oeste da sua rota original, sabemos apenas que 
não fosse isto os portugueses não teriam descoberto
 as terras no depois chamado novo mundo.
No dia 22 ouvi-se um grito "terra vista"! Avistaram um
 monte, que recebeu o nome de Monte Pascoal. 
O nome dado a terra descoberta foi Terra de Santa Cruz
, atualmente cidade de Porte Seguro na Bahia. O nome
 definitivo, Brasil, só veio alguns anos depois, devido
 a quantidade de pau-brasil encontrado no litoral!
A carta escrita por Pero Vaz Caminha e enviada 
para o rei em Portugal descreve com detalhes a viagem,
 a terra descoberta e os nativos. Este é um importante
 documento histórico para o Brasil e para o mundo!
O primeiro contato com a população local foi feito no
 dia 23 de abril. Os índios Tupiniquins, de origem tupi-guarani,
 habitavam o litoral do sul da Bahia. Apesar do choque 
entre as diferentes culturas, trocaram objetos e cortesias 
pacificamente.
Frei Dom Henrique celebrou a primeira missa no
 dia 26 de abril. E acreditem, era domingo de páscoa! 
Compareceram não só os comandantes e suas 
tripulações, mas também muitos nativos curiosos 
atraídos pelo ritual.
Dias depois Cabral seguiu viagem até alcançar Calicute,
 mas deixaram por lá 2 degradados - condenados por 
crimes em Portugal - que meses depois foram 
resgatados e deram contribuições importantes aos
 portugueses.

Era dos descobrimentos marítimos
Portugal foi, sem dúvida, uma nação que enfrentou
 diversos desafios para conquistar outras terras e
 ser o pioneiro das navegações. O primeiro desafio foi
 vencer o temor que se criara no imaginário das 
pessoas da época, a respeito de criaturas marinhas 
gigantes que devoravam os navios. Quem viu 
uma dessas criaturas? Ninguém sabia dizer, 

mas como todo mito, principalmente na época ocupava 
um grande espaço na cabeça das pessoas. Mesmo
 assim, pioneiros portugueses decidiram explorar o
 mar nunca antes navegado com o objetivo principal de 
expandir o território e explorar riquezas em outras terras.
As naus e as caravelas portuguesas representavam o 
que havia de mais avançado na arte de navegar. Suas
 caravelas levam a bordo instrumentos, cartas 
de navegação e conhecimentos desenvolvidos pelos
 mais importantes sábios da época, incluindo matemáticos,
 astrônomos, cartógrafos, geógrafos, especialistas na 
construção de navios e uso de artilharia, vindos de diversos
 países.
As caravelas eram navios velozes e pequenos. 
Uma típica caravela portuguesa tinha de 20 a 30 metros
 de comprimento, de 6 a 8 de largura, 50 toneladas 
de capacidade e era tripulada por quarenta ou cinquenta
 homens. Com elas era possível navegar pela costa, 
entrar em rios e estuários, manobrar em águas baixas, 
contornar arrecifes e bancos de areia. Já as naus
 eram barcos maiores e mais lentos.
Na viagem de ida, transportam produtos para a troca,
 provisões, guarnições militares, armas e canhões. 
Na volta, trazem mercadorias importantes para a época,
 como especiarias, por exemplo.

DESCOBRIMENTO DO BRASIL (CONT.)


Descobrimento do Brasil (Cont.)
Instrumentos náuticos
Viajar para o desconhecido não é tarefa fácil, mas os portugueses tinham na época o que havia de mais avançado em termos de equipamentos: abússola, também chamada de "agulha de marear", era fundamental para a navegação. Nessa época, consistia apenas numa agulha magnetizada que flutuava sobre a água, tendo uma das suas pontas viradas para Norte. Essa indicação do Norte permitia que os
 navegadores se orientassem em alto mar e não 
se perdessem em lugares longínquos.
 Para descobrir a distância que ia do ponto de partida
 até ao lugar onde a embarcação se encontrava 
usava-se dois tipos de instrumento: o quadrante, cujo
 cálculo se baseava na altura da Estrela Polar e o astrolábio
 que tinha como base a altura do sol ao meio-dia. 
Como não existiam relógios, mediam o tempo com 
ampulhetas, mas com resultados imprecisos.
 O astrolábio tinha vantagens em relação ao
 quadrante, não só porque era mais fácil trabalhar
 à luz do dia, como pelo fato de a Estrela Polar 
não ser visível no hemisfério sul.
 Outro instrumento importante era a balestilha
usado pelos navegadores para medir a altura dos 
astros. Era constituída por uma régua de madeira,
 chamada virote.
 
Homens corajosos
Vasco da Gama é um dos principais protagonistas
 da historia. Deixou Lisboa em 8 de julho de 1497, 
dobrou o Cabo da Boa Esperança em 18 de novembro,
 mas só atingiu a Índia em maio do ano seguinte. 
A viagem de volta teve início em 5 de outubro. 
Dos 155 homens que partiram,só 55 chegaram em Lisboa.
 Por seu feito, foi recebido com honras pelo rei e recebeu 
o título de "Almirante dos Mares da Arábia, Pérsia, Índia e de
 todo o Oriente".
Pedro Álvares Cabral foi o navegador português que no 
dia 22 de abril de 1500, capitão-mor de uma frota de
 13 embarcações, descobriu o Brasil. Descendente de
 família nobre, estudou em Lisboa onde aprendeu 
literatura, história, cosmografia, artes militares e técnicas 
náuticas. Em 1499 foi nomeado pelo rei D. Manuel o capitão-mor
 da armada que seguiria para às Índias, seguindo a rota recém
 inaugurada por Vasco da Gama, contornando a África, 
com a missão diplomática e comercial. Para evitar as
 calmarias a rota foi desviada e a expedição tomou o
 rumo sudoeste, para bem longe da costa africana, 
por isso chegou até as terras mais longínquas para 
descobrir o Brasil.
 
Curiosidades
Cabral teve uma excelente recompensa pelo seu trabalho: 
recebeu 10 mil cruzados pela viagem. Cada cruzado 
valia 3,5 gramas de ouro. Ele poderia ainda comprar 
30 toneladas de pimenta, com seus próprios recursos, 
e transportá-las gratuitamente no navio.
(fonte: Guia dos Curiosos)


Postado por: Professora Marcia Valeria

Marcadores

- Diversos ABUSOS NA EDUCAÇÃO Além Paraíba-MG Alfabetização AMOR ...♥ Artes Artesanato Assuntos Diversos para Comentar Atividades Diversas Atividades para confeccionar com os alunos Avaliação Diagnóstica Bíblia Biografia Biologia Bordas e Certificados Capas para Cadernos Cidadania Ciências COMUNISMO Congresso Infantil Coordenação Motora Curiosidades Datas Comemorativas Deficiência Visual Desenhos e Figuras para Atividades Diversas Dia das Mães Dia do Índio - 19 de Abril Dia Mundial da Educação 28 de Abril Dinâmicas em Grupo Diversos Documentário Doenças Doutrinação; Livros; DVDs - Diversos Educação Educação Básica Educação Especial; Educação no Trânsito Educadores ENEM Ensino Religioso Ensino Especial; Ensino Fundamental - 1ª Fase Ensino Fundamental - Ensino Médio Ensino Fundamental 6º ao 9º Ensino Médio Ensino Religioso Entrevista Epidemia Escola Bíblica de Férias Escola Bíblica Dominical Esporte Estações do Ano Família; Férias Festa Junina FICAADICA FICAADICA... Figuras Diversas Filosofia Fonoaudiologia Geografia Guerra Guerra no Brasil HANG OUT HANGOUTS; Orientação Educacional; reuni[a0 HANGOUTS; Orientação Educacional; Reunião Pedagógica; Política; Informação; ABUSOS NA EDUCAÇÃO; WEBRADIOLIVRE.ORG HANGOUTS; Orientação Educacional; Reunião Pedagógica; Política; Informação; ABUSOS NA EDUCAÇÃO;WEBRADIOLIVRE.ORG História História da Educação ... e no Brasil; IDEOLOGIA DE GÊNERO Inclusão e/ou Deficiências Diversas Informação informação. informação. 1 de Maio Dia do trabalhador interdisciplinaridade Jardim Jogos e Brincadeiras Jovens l - Ensino Médio Lateralidade LEIS Leituras Diversas Lembrancinhas Libras Literatura Infantil Livros - Títulos... Louvor Matemática Material Didático; Meditação Mensagens Diversas Meu Canal YOUTUBE Motivação Músicas Diversas Natal Oração. orientação Educacional; Orientação Pedagógica Palavra do Dia. Para Reunião com Responsáveis Paralisia Cerebral Páscoa Pedagogia Pedofilia PNE Poemas POLÍTICA Política - Geral Português Projetos/Planos Psicologia Psicomotricidade Psicopedagogia. Reciclagem Regime Militar; Reportagem Reunião Pedagógica Reunião Pedagógica reunioes: Pedagógicas e / or Funcionários Reuniões: Pedagógicas e/ou Funcionários reunioes: Reunião Pedagógica Sala de Aula Alfabetizadora Saúde Sociologia Teatro - Fotos e Textos Temas Educacionais Textos Diversos Trabalhando os Sentidos Trava Língua Vacinação vídeo Vídeos Educacionais Vivendo a História do Brasil Sangrento no século XXI WEB RADIO

PESQUISE POSTAGENS NO SITE

Filmes Educacionais

  • Escritores da Liberdade
  • Filhos do Silêncio
  • Meu Mestre minha Vida
  • Nell
  • O Livro Perigoso
  • O Milagre de Anna Sullivan
  • O Nome da Rosa
  • O Triunfo
  • O Óleo de Lorenzo
  • Sociedade dos Poetas Mortos

Contadores

Clique em PARTICIPAR deste site. OBRIGADA e Volte sempre!

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.

INSTITUTO NACIONAL EDUCAÇÃO DE SURDOS

PARTICIPE!

CANAL - Professora Marcia Valeria

Loading...

Google+ Followers

ACESSOS...



1.000.000 Acessos

Meus Agradecimentos...


16/11/2013 - 1.500.000 Acessos! Obrigada Senhor!




Recent Visitors