LUMINOSO

PLAY

domingo, 19 de julho de 2015

Livro para biblioteca escolar exibe até pedofilia. ACORDA FAMÍLIA, ACORDA PROFESSOR...

. Agora é do governo federalhttp://t.co/bqHaaABDHy via @VEJA http://t.co/mbCnZfTOmy


Link permanente da imagem incorporada


https://twitter.com/CKazzan/status/602880544100249600?s=04



Leiam o que vai abaixo, do jornal “Agora”, da mesma empresa que edita a Folha, que circula só em São Paulo. Volto no post seguinte. Por Adriana Ferraz:
A história se repete, desta vez no âmbito federal. Um livro distribuído pelo MEC (Ministério da Educação) às escolas públicas de São Paulo contém cenas de violência, sexo explícito, estupro e até pedofilia. A linguagem de “Um Contrato com Deus” é a dos quadrinhos, porém indicados para os alunos do ensino médio –a partir de 15 anos.
A obra, no entanto, chegou a colégios onde há turmas a partir da 5ª série, quando os alunos têm, em média, 11 anos.
A publicação faz parte do acervo do PNBE (Programa Nacional Biblioteca da Escola) e é enviada diretamente para os colégios cadastrados. No Estado, são 5.682 participantes, das redes estadual e municipal, que recebem as caixas.
O livro não é didático e, por isso, não segue direto para as mãos dos alunos. Fica à disposição nas bibliotecas como instrumento complementar de leitura. O autor, Will Eisner, é considerado o artista mais importante dos quadrinhos e da cultura pop do século 20.
Os textos e ilustrações exigem um elevado poder de interpretação. Em “Um Contrato com Deus”, uma criança levanta a roupa para um adulto após pagamento em dinheiro. Não há violência física, mas sugestão de pedofilia.
Em outro capítulo, uma mulher é estuprada, outra é espancada e um bebê, arremessado em um sofá por um homem bêbado, aos gritos desesperados da mãe. Para a professora Marta Scarpato, da pós-graduação da PUC-SP, um contexto extremamente violento que exige discussões politizadas na sala de aula.
“Está havendo mesmo um descuido. A realidade de nossos alunos e nossas escolas não colabora para o desenvolvimento de um trabalho crítico, necessário nesse caso. Os alunos mal sabem ler e escrever, os professores têm de cuidar de turmas superlotadas e as bibliotecárias não têm preparo para recomendar livros de acordo com a idade.”
Para Vitor Paro, da Faculdade de Educação da USP, falta respeito e conhecimento e sobra ignorância. “As pessoas têm um conceito vulgar da coisa. Acham que é preciso apelar para estimular a criança ou o jovem a ler. Não sabem que a educação é muito mais complexa, que, para ensinar, é preciso ter conhecimento técnico. Que comissão é essa que escolhe esse livro? Por que dar preferência a isso? Esse tipo de educação é de entretenimento”, diz.

Caça às bruxas
“Por que os livros de Jorge Amado ou Machado de Assis não recebem indicação para adultos? Por que a censura com os quadrinhos? Isso só mostra o maravilhoso poder de comunicação deles”, afirma Rogério de Campos, diretor da Conrad, editora especializada no segmento.
Para Campos, a atual “caça às bruxas” pode levar a uma censura extrapolada. “Quantos livros, quadros ou filmes sugerem violência? Mesmo a Bíblia tem muitas passagens que podem ser censuradas.”
A Devir, editora de “Um Contrato com Deus”, diz que não faz classificação etária do livro.
Fiquei horrorizadaPor Gilberto Yoshinaga:
Ao folhear os livros enviados pelo governo federal no início do mês, a diretora de uma escola estadual da Grande SP se assustou com “Um Contrato com Deus”. Por conta própria, tirou o volume da biblioteca, frequentada por alunos da 5ª série (11 anos).
A vistoria prévia aconteceu por causa de outros livros polêmicos, enviados pelo governo estadual . Com palavrões e referências a estupro, as obras estavam num kit para a 3ª série –alunos de nove anos. “Eu tinha esses livros recolhidos pelo Estado e fiquei com isso na cabeça. Resolvi ver a caixa do MEC, mas não esperava encontrar uma coisa dessas. Fiquei horrorizada”, disse.
“Por sorte, não tínhamos catalogado esse livro e, por isso, nenhuma criança viu. A capa é muito bonita, o título dá a entender que se trata de algo meio religioso”, afirma. “O conteúdo é totalmente diferente do que parece. E não acho que seja educativo.”
Por Reinaldo Azevedo

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/livro-para-biblioteca-escolar-exibe-ate-pedofilia-agora-e-do-governo-federal/#.VWNTp2CYoDs.twitter

----------------------------------------------------------------------
Respondendo a postagem em nosso face, por serem Autores Renomados... RENOMADOS PARA ADULTOS E NÃO CRIANÇAS!!!

André Toga Machado Coelho Veja bem amigos, e não pretendo entrar no âmbito religioso da questão, mas literário. Esse livro em quadrinhos, do autor Will Eisner, é um dos cânones da literatura moderna. Vários são os autores influenciados por este grande artista, sendo "Um contrato com Deus" uma de suas grandes obras. "O Edifício", do mesmo autor e que trata sobre temas como abuso, morte, identidade e amor ao próximo é outro título de alta qualidade, e que pode ser tão polêmico quanto o título citado pela crítica. Inclusive, O Edifício foi um dos primeiros quadrinhos que li quando adolescente, influenciando toda minha habilidade de escrita, argumentação e criatividade. Todos os super heróis de hoje tem influências de Eisner, criador do herói Spirit, um dos primeiros na história. Agora, meu ponto: podemos questionar a disponibilidade dos livros sem orientação pedagógica, ou seja, com professores orientando os alunos na leitura. Mas questionar a disponibilização de informação e cultura nos torna semelhantes aos regimes socialistas e extremistas que tanto criticamos e que queremos superar. Supervisão, sim; controle, nunca.

Professora Marcia Valeria: 

Sou MÃE E Pedagoga, Educação Moral é OBRIGAÇÃO DA FAMÍLIA, e ACADÊMICA DA ESCOLA. Isso não é Cultura e sim PORNOGRAFIA E PEDOFILIA SIM. Só que tem filhos sabe o que é melhor para eles e para os filhos dos outros. Te respeito mas, isso que você disse é pensamento de ESQUERDA, acabar com a autoridade da FAMÍLIA, como Liberação de Abordo, Maconha, Ideologia de Gênero, e outras porcarias para acabar com nossos jovens, como se já não bastasse o ECA. Eu e Renato passamos por loucos e mal informados quando solicitamos a Câmara Municipal, com vários Cristãos nos apoiando a liderança Evangélica - PASTORES, nos ajudaram muito. Deus mandou TODOS OS PRINCIPAIS DA CIDADE NA CÂMARA, e conseguimos tirar essa COISA NOJENTA das nossas crianças por 10 anos pois, era a aprovação do Plano Municipal de Educação por 10 anos. Aqui foi DERROTADO A IDEOLOGIA DE GÊNERO. Como uma criança de 5 anos pode trocar de sexo sem autorização dos pais, pode aprender essa porcariada na escola mas, um homem de 17 anos que vota e faz filho não pode pagar por seus atos? Muito estranho não? Estamos dispostos a ir até o fim, e que Deus nos proteja mais pois, NÃO IREMOS DESISTIR DE LUTAR E DIVULGAR.


Obs.: Estamos sendo massacrados por tentar defender 

nossas crianças. DEUS NOS ABENÇOE MAIS!





Renato Macharet: Sim. E por todas as qualidades literárias da obra, se justifica a disponibilidade e acesso a crianças!? A questão não é religiosa André Toga Machado Coelho, mas de bom senso. Acredito que Will Eisner não tinha em mente crianças (a não ser a personagem) quando produziu a obra.


Mas olha! Outro que não sabe contextualizar. Se oq estamos denunciando não é acreditado acreditem no que diz este Promotor. Pq não se trata de verdade ou mentira. E vamos continuar denunciando.

https://www.facebook.com/marciavaleria.macharet/videos/1616105708665905/?pnref=story









https://www.facebook.com/marciavaleria.macharet


--------------------------------------------------------------------------------





Mas olha! Outro que não sabe contextualizar. Se oq estamos denunciando não é acreditado, acreditem no que diz este Procurador. Pq não se trata de verdade ou mentira. E vamos continuar denunciando.
Posted by Marcia Valeria Renato Macharet on Domingo, 19 de julho de 2015

https://www.elo7.com.br/meuquartinhoateliemv/loja

Comprar este produto

Café Marita

Café Marita
Emagreça com Saúde - CLIQUE AQUI

Contadores

Filmes Educacionais

  • Escritores da Liberdade
  • Filhos do Silêncio
  • Meu Mestre minha Vida
  • Nell
  • O Livro Perigoso
  • O Milagre de Anna Sullivan
  • O Nome da Rosa
  • O Triunfo
  • O Óleo de Lorenzo
  • Sociedade dos Poetas Mortos

PESQUISE POSTAGENS NO SITE

PARTICIPE!

Clique em PARTICIPAR deste site. OBRIGADA e Volte sempre!

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.

INSTITUTO NACIONAL EDUCAÇÃO DE SURDOS

ACESSOS...



1.000.000 Acessos

Meus Agradecimentos...


16/11/2013 - 1.500.000 Acessos! Obrigada Senhor!




Google+ Followers

Recent Visitors