LUMINOSO

PLAY- CLIQUE PARA OUVIR A WEB RÁDIO CONEXÃO,NET

quinta-feira, 17 de março de 2011

Reescrita de histórias conhecidas

Bloco de Conteúdo
Língua Portuguesa

Conteúdo
Escuta e Produção Oral

Objetivos
- Desenvolver a produção de textos em linguagem escrita por meio do ditado para o professor.
- Recuperar os principais elementos da narrativa com base na linguagem que se usa para escrever.
- Ampliar a linguagem oral, o vocabulário e a estruturação de frases dos alunos com deficiência intelectual (síndrome de Down com pouca linguagem oral).

 Conteúdo
Produção de textos orais com base na linguagem escrita de contos.
Anos1º e 2º anos.
Tempo estimado Oito aulas.

Material necessário
Livros: Chapeuzinho Vermelho, Irmãos Grimm, 32 págs., Ed. Cosac Naify,tel. (11) 3218-1444, 25 reais; A Bela Adormecida, Charles Perrault, 32 págs., Ed. Peirópolis, tel. (11) 816-0699, 24 reais. Folhas,lápis de cor e computador com impressora.

Flexibilização para deficiência intelectual (síndrome de Down com pouca linguagem oral)Cartazes com as ilustrações de personagens e cenas das histórias.
Desenvolvimento

1ª etapa Em roda, leia para os alunos o conto Chapeuzinho Vermelho e avise que esse texto e A Bela Adormecida serão recontados pelo grupo e ditados para você. Proponha que o material faça parte de um livro e diga que todos vão ganhar um exemplar de presente.
Flexibilização para deficiência intelectual (síndrome de Down com pouca linguagem oral)Envie para casa ou para o AEE os mesmos livros trabalhados em sala para sessões de leitura antecipadas, para que o aluno tenha acesso às histórias com antecedência. Isso amplia o repertório dele, favorece a memorização e uma participação mais efetiva na atividade.

2ª etapa Relembre oralmente o conto Chapeuzinho Vermelho e inicie a atividade de produção do texto coletivo pelos alunos. Registre com exatidão os acontecimentos ditados pela garotada e, em alguns momentos, ajude a recuperar a história com base em alguma passagem da narrativa. Por exemplo: “Qual o caminho feito pelo lobo para chegar à casa da vovó antes que a Chapeuzinho Vermelho?” Releia aos poucos os trechos ditados. Ofereça alternativas que possam aproximá-los do enredo da história.

Flexibilização para deficiência intelectual (síndrome de Down com pouca linguagem oral) Utilize as ilustrações de personagens e cenas como referências para fazer os questionamentos.

3ª etapa
Releia o texto produzido pelos estudantes. Diga que ele terá de ficar muito bem escrito, assim como no livro, pois será compartilhado com outras pessoas e todos precisam compreendê-lo. Interrogue-os sobre a adequação da narrativa com base nos elementos da linguagem que se usa para escrever. Por exemplo, se o texto produzido contiver muitas marcas de oralidade (como “aí”, “né” e “então”) ou repetição excessiva de palavras, retome o conto que serviu de referência, questionando se é assim que está registrado.

4ª Etapa
Apresente o texto produzido pelos alunos em roda. Depois leia A Bela Adormecida para a turma.

5ª etapa Inicie a reescrita coletiva do texto A Bela Adormecida, seguindo as mesmas orientações da 2ª e da 3ª etapa. Se necessário, dê novas recomendações aos estudantes para evitar, por exemplo, que um personagem saiba de algum detalhe da história que ele não presenciou. Ajude-os a enfrentar esses obstáculos.

6ª etapa
Discuta com todos as ilustrações que serão feitas para cada história e digite os textos, deixando espaços para inseri-las. Garanta uma cópia para cada estudante. Solicite ou faça marcações coloridas em algumas palavras ou frases que se repetem no texto e sejam significativas para os alunos.

7ª etapa
Cole na contracapa de cada exemplar uma apresentação explicando que os textos foram produzidos pelos alunos com base no ditado para o professor das histórias conhecidas.

8ª etapa
Compartilhe as ilustrações e releia as histórias produzidas.

Produto final Livro com os contos Chapeuzinho Vermelho e A Bela Adormecida reescritos pelo grupo para ser levado para casa por todos.

Avaliação
O foco do projeto não deve ser a memorização dos contos pelos estudantes, mas a  produção das reescritas com a recuperação dos principais acontecimentos das narrativas. Levando isso em conta, analise os textos desenvolvidos pela turma em relação à presença de elementos da linguagem escrita. Durante o processo, observe os pontos frágeis do processo de revisão para serem retomados em outras ocasiões, com outros exemplos.

Flexibilização para deficiência intelectual (síndrome de Down com pouca linguagem oral)
Observe o desenvolvimento da linguagem oral, a ampliação do vocabulário e do uso de frases mais completas.
 

Fonte: Revista Nova Escola- ESPECIAL PLANOS DE AULA – LÍNGUA PORTUGUESA – www.ne.org.br

Organizado por: Professora Marcia Valeria

Tabuada Divertida


BRINCADEIRAS e JOGOS II - EBF


BRINCADEIRAS DE RODA - são brincadeiras completas, pois, estímula o raciocínio, a memória, a música, o ritmo, a criatividade, entre outros.
Pode-se brincar de mãos dadas girando, dançando, fazendo gestos, imitações, etc.

1) Não atire o pau no gato
Não atire o pau no gato tô tô
Por que isso sô não se faz faz faz
Jesus Cristo tô nos ensina na
A amar, a amar os animais
Amém!

2) O coração do menino e da menina
O coração do menino e da menina
Que tem Jesus é diferente

Não é triste, nem zangado,
Aborrecido, ou assustado
Mas é feliz e sorridente!

Cante em roda fazendo as dramatizações que a letra da música sugere.

3) Alô! Alô!
Alô! Alô!
Aqui estamos nós. (com palmas bem animados)

Quietinhos vamos, pois, ficar pra Bíblia estudar. (cantar bem baixinho, quase susurrando)

E aprender a Jesus amar! (novamente com palmas e muita alegria)

BRINCADEIRAS e JOGOS I


Quanta risada, olhinhos brilhando, alegria, palmas, pulos, gritinhos alegres,... sabe o que é? São crianças brincando!Você sabia que, uma das coisas que a criança aprende quando brinca é amar e demonstrar o amor?Não perca tempo! Brinque com as crianças, pois, brincadeira é coisa séria.

1) Mestre mandou... ou Macaco disse... ou Maria disse...
Escolha o Mestre, (Macaco ou uma Criança) que comnda a brincadeira e é obedecido pelos demais jogadores. Ao dar ordens, ele poderá usar a expressão (senha) Mestre mandou...
Toda vez que falar a senha, os demais fazem o que estiver sendo mandado, mas quando não falar a senha, ninguém obedece.
Exemplo: Mestre mandou pôr as mãos nos joelhos: todos obedecem. Se disser apenas: pôr as mãos nos joelhos todos devem ignorar. Quem executar a ordem sem a senha deve pagar prenda, como por exemplo, imitar macaco, sapo, avião, falar um verso, canta uma música,...

2) Mamãe, posso ir?Trace duas linhas paralelas, distantes por cerca de 8 metros.
Um participante é a Mamãe (ou Papai) e fica em uma das linhas. O restante do grupo, fica na outra linha, lado a lado e eles querem chegar até a Mamãe (ou Papai). Por isso eles perguntam, Mamãe posso ir? E a Mamãe, dá as ordens, por exemplo:
- dois passos de formiguinha (para frente ou para trás)
- cinco passos de canguru (para frente ou para trás)
- três passos de cachorro - andar catinhando ou de quatro - (para frente ou para trás)
- inventar outras formas...

3) Pique fruta
Escolher o pegador. Ele tenta apanhar os participantes que não cumprirem a seguinte regra: agachar-se no chão e dizer o nome de uma fruta. Só que o nome desta fruta só pode ser usado duas vezes. Se o participante esquecer e falar pela terceira vez o nome da fruta, o pegador o apanha e ele passa a ser o novo pegador.
Fonte: Internet
 Organizado por: Professora Marcia Valeria

Para Refletir...


CD - A Cigarra e a Formiga - Dia do Trabalho

Se você ainda não programou nada para o Dia do Trabalho aí vai a minha sugestão: A Cigarra e a Formiga, da Coleção Disquinho, é uma ótima história para se contar neste dia!!! Além de encantadora, ela tem uma lição maravilhosa sobre o trabalho. Baixe a história aqui.
.
Agora para deixar tudo mais lindo ainda: Baixe aqui, as músicas da história e cante com eles, dramatizando, turma formiga e turma cigarra. Aproveite e dê para as crianças atividades relacionadas ao tema! Eles vão amar... Créditos das músicas Cantos e Encantos.
.
Não sabe baixar no 4shared? Clique aqui e aprenda!!!
.
Cantigas de "A Cigarra e a Formiga"(João de Barro)

(Formigas)
1,2,3 sacos de farinha
4,5,6 sacos de feijão
Trabalhando, Dona Formiguinha
Vai enchendo aos poucos seu porão

(Cigarra)Sou feliz
Cigarra cantadeira
Canto a vida, canto a luz
Pois quem cantar
Canta a vida inteira
Faz dos sonhos mais azuis
De que vale um tesouro
Junto às flores do arrebol?
Quem quiser que junte todo o ouro
Eu prefiro a luz do sol


http://pragentemiuda.blogspot.com
Organizado por: Professora Marcia Valeria

Capa para Agenda




Agenda 2011

















Nome:_________________________________________________________________

Escola:________________________________________________________________

Turminha da Tia:________________________________________________________

Postado por: Professora Marcia Valeria


PESQUISE POSTAGENS NO SITE

Filmes Educacionais

  • Escritores da Liberdade
  • Filhos do Silêncio
  • Meu Mestre minha Vida
  • Nell
  • O Livro Perigoso
  • O Milagre de Anna Sullivan
  • O Nome da Rosa
  • O Triunfo
  • O Óleo de Lorenzo
  • Sociedade dos Poetas Mortos

Contadores

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.

CANAL - Professora Marcia Valeria

Loading...

ACESSOS...



1.000.000 Acessos

Meus Agradecimentos...


16/11/2013 - 1.500.000 Acessos! Obrigada Senhor!




Recent Visitors