LUMINOSO

PLAY

terça-feira, 26 de abril de 2016

ATENÇÃO PROFESSORES, FAMÍLIA, CRISTÃOS - URGENTE: Nova Base Curricular Comum acabando como a nossa base histórica.


MEC não pode virar o 'Ministério da Verdade'

O projeto criminoso de poder quer destruir a estrutura da educação brasileira. Entenda a mudança curricular proposta pelo governo no 'Sem Edição', com Marco Antonio Villa e Augusto Nunes. 





Professora Marcia Valeria: Professores, não se deixam levar pelo MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COMUNISTA, se algum PAI TE PROCESSAR o MEC não irá te defender. Ele dirá que lhe enviou uma BASE, você aplicou por que quis. NÃO APLIQUE ESSAS AULAS, NÃO AJUDEM DESTRUIR NOSSAS CRIANÇAS, JOVENS e nossa HISTÓRIA, PELO AMOR QUE VOCÊ TEM A SUA FAMÍLIA, A DEUS!


CONHECIMENTOS RELIGIOSOS - 9 ANO

9° ANO

CHER9FOA001


Conhecer concepções de corpo, pessoa e pessoalidades em tradições religiosas e filosofias de vida.

CHER9FOA002


Reconhecer o valor da vida e do corpo, problematizando a mercantilização das corporeidades e a banalização da dignidade humana.

CHER9FOA003


Reconhecer a finitude humana e a transcendência como possibilidade de sua superação por meio de práticas e vivências espirituais.

CHER9FOA004


Organizar e projetar a própria vida na coletividade, considerando princípios éticos, estéticos, econômicos, políticos e socioculturais.

CONHECIMENTOS RELIGIOSOS

CHER9FOA005


Compreender a morte como geradora de sentido para a vida e produtora de culturas.

CHER9FOA006


Conhecer as concepções de morte em culturas e tradições religiosas, bem como seus respectivos ritos mortuários ou fúnebres.

CHER9FOA007


Conhecer as diferentes ideias de imortalidade elaboradas por tradições religiosas, tais como a ancestralidade, a reencarnação, a transmigração e a ressurreição.

CHER9FOA008


Compreender os sentidos e significados da vida e da morte para o Ateísmo, Niilismo, Ceticismo e Agnosticismo.

CHER9FOA009


Perceber a relação existente entre ideias de imortalidade e mitos sagrados.

PRÁTICAS RELIGIOSAS E NÃO RELIGIOSAS

CHER9FOA010


Problematizar situações de banalização da vida e da morte, refletindo sobre os sentidos do viver e do morrer.

CHER9FOA011


Reconhecer a importância de crenças, doutrinas religiosas e filosofias de vida na construção e na transmissão dos sentidos da vida e da morte.

CHER9FOA012


Elaborar questionamentos referentes à existência humana e às situações limites que integram a vida, articulados às questões socioambientais, geopolíticas, culturais, religiosas e às opções de ser e de se apresentar como pessoa digna de respeito na diversidade.

CHER9FOA009


Perceber a relação existente entre ideias de imortalidade e mitos sagrados.


Cada ano escolar apresenta um enfoque predominante, mas não exclusivo, traduzido em títulos para facilitar a identificação de tal foco:
ENSINO FUNDAMENTAL
1º ANO – Sujeitos e Grupos Sociais.
2º ANO – Grupos Sociais e Comunidades.
3º ANO – Comunidades e outros lugares de vivências.
4º ANO – Lugares de vivências e relações sociais.
5º ANO – Mundos brasileiros.
6º ANO – Representações, sentidos e significados do tempo histórico.
7º ANO – Processos e Sujeitos.
8º ANO – Análise de processos históricos.
9º ANO – Análise de processos históricos.
ENSINO MÉDIO
1º ANO – Mundos ameríndios, africanos e afro-brasileiros.
2º ANO – Mundos americanos.
3º ANO – Mundos europeus e asiáticos.
É importante destacar que as repetições que se observam em alguns títulos – como nos títulos dos quatro primeiros anos e nos dois últimos do Ensino Fundamental – objetivam apontar para a recursividade que caracteriza a progressão no processo de construção de conhecimentos e de desenvolvimento do estudante.
Considerando a progressão formativa ao longo da Educação Básica, quatro eixos estão presentes nos objetivos de aprendizagem do primeiro ano do Ensino Fundamental ao terceiro ano do Ensino Médio: procedimentos de pesquisa; representações do tempo; categorias, noções e conceitos; dimensões político-cidadãs. Trata-se de uma tipologia para explicitar a operação predominante, mas não a única, em cada objetivo de aprendizagem.

APRESENTAÇÃO DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA

Em função dessa postura, a proposição curricular estabelece articulação entre os anos iniciais e os finais do Ensino Fundamental e entre esses e o Ensino Médio. Assim, parte-se, nos anos iniciais, dos saberes necessários à apropriação histórica do tempo e ao desenvolvimento de conhecimentos para a compreensão contínua de processos históricos cada vez mais complexos. Para tanto, enfatiza-se a História do Brasil como o alicerce a partir do qual tais conhecimentos serão construídos ao longo da Educação Básica. Tal ênfase, é importante ressaltar, não significa exclusividade na abordagem da história brasileira nem tampouco a exclusão dos nexos e articulações com as histórias africanas, americanas, asiáticas e europeias. Aliás, tais nexos e articulações são apontados em vários objetivos de aprendizagem tanto no Ensino Fundamental como no Ensino Médio.

 Deixo aqui o link para verificarem toda essa MÁSCARA COMUNISTA, para destruir nossa HISTÓRIA. 

O que será do futuro de nossos Filhos, Netos, NOSSO FUTURO, se nossas crianças e jovens tiverem "isso" como Base de Ensino? Você Professor conseguirá dormir tranquilo depois de aplicar esse CRIME, para o Futuro de nossa NAÇÃO? 

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/#/site/conhecaDisciplina?disciplina=AC_CIH&tipoEnsino=TE_EF



Criança é expulsa após pais reclamarem de aulas de homossexualidade

Menina de 4 anos disse ao pai que ele não deveria gostar de mulher após aula “antipreconceito”.


Criança é expulsa após pais reclamarem de aulas de homossexualidadeCriança é expulsa após pais reclamarem de "aula gay"
Uma menina de 4 anos de idade, cujo nome não foi revelado, gerou intenso debate sobre a questão da educação sexual nas escolas americanas. Ela estudava no Jardim de Infância Montview Community, na cidade de Denver, Colorado.
No mês passado, os pais dela questionaram o ensino dado pela escola particular sobre a homossexualidade e transgêneros. O motivo foi a filha ter chegado em casa dizendo que seu pai poderia não gostar mais de mulheres.
Incomodados, eles decidiram descobrir de onde vinha aquela ideia. Souberam então que a professora lia livros sobre o estilo de vida gay e tentava promover “debates” sobre a questão na classe. Era uma iniciativa “antipreconceito” da Montview. Obviamente, o fato não agradou os pais da criança, que são cristãos.
R.B. Sinclair, mãe da menina, procurou a direção da escola e pediu que sua filha não participasse das aulas quando o assunto era discutido. Em seu entendimento, a criança era nova demais para entender o que estava sendo ensinado. Dois dias depois, recebeu um aviso da pré-escola Montview, comunicando que a criança “não se encaixava” na escola e por isso não deveria voltar.
“Eu acho que nessa idade, eles nem sabem o que é o preconceito… como podem ter esse tipo de conversa na escola?”, questionou a senhora Sinclair. “Não houve consideração com a cultura e a fé que temos em minha família”, asseverou. Já Kim Bloeman, diretora de educação infantil na região, defende que os materiais usados em sala eram apropriados para as crianças.
“O preconceito começa quando as crianças crescem e começam a ver as diferenças como sendo algo negativo. Quando são novas, as crianças exploram tudo. Queremos fornecer a elas todas essas experiências”, justificou Bloeman ao explicar o que seria a iniciativa “antipreconceito”.
Ela inclui historinhas sobre minhocas que não sabem de que sexo são, mas também mostrava claramente casais de pessoas do mesmo sexo.
Após a polêmica, a direção da Montview enviou uma carta a todos os pais, encorajando-os a promover uma “cultura inclusiva” em seus lares. “Comecem a adotar o desconhecido”, sugeria o documento., que considera importante que todas as famílias “conversem sobre o tema”.
Segundo o jornal Denver Post, os professores da Montview e outros 2.500 educadores do estado do Colorado, receberam um treinamento da ONG Queer Endeavor, que luta pelos direitos do público LGBT.
A organização convenceu a direção do Distrito Escolar que os “tempos estão mudando” e nos últimos três anos tem oferecido oficinas sobre o assunto, visando preparar professoras da pré-escola a lidarem com o tema.
Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/crianca-expulsa-pais-aulas-homossexualidade/?utm_source=onesignal&utm_medium=web&utm_campaign=push

https://www.elo7.com.br/meuquartinhoateliemv/loja

Comprar este produto

Café Marita

Café Marita
Emagreça com Saúde - CLIQUE AQUI

Contadores

Filmes Educacionais

  • Escritores da Liberdade
  • Filhos do Silêncio
  • Meu Mestre minha Vida
  • Nell
  • O Livro Perigoso
  • O Milagre de Anna Sullivan
  • O Nome da Rosa
  • O Triunfo
  • O Óleo de Lorenzo
  • Sociedade dos Poetas Mortos

PESQUISE POSTAGENS NO SITE

PARTICIPE!

Clique em PARTICIPAR deste site. OBRIGADA e Volte sempre!

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.

INSTITUTO NACIONAL EDUCAÇÃO DE SURDOS

ACESSOS...



1.000.000 Acessos

Meus Agradecimentos...


16/11/2013 - 1.500.000 Acessos! Obrigada Senhor!




Google+ Followers

Recent Visitors