LUMINOSO

PLAY- CLIQUE PARA OUVIR A WEB RÁDIO CONEXÃO,NET

domingo, 30 de maio de 2010

31 de Maio - Dia Mundial Sem TABACO!

Fumar é Prejudicial à Saúde - NÃO FUME PERTO DE MIM!

http://www.inca.gov.br/tabagismo/imagens/selo_disquesaude.gif

http://www.inca.gov.br/tabagismo/

http://4.bp.blogspot.com/_A8fPA0p6NTE/TAElbnEWMiI/AAAAAAAAINU/OrD4vqZBdwo/s200/combatefumo.jpg



Dia Mundial de Combate ao Fumo
Dia Mundial sem Tabaco








Mulheres são o foco de campanha contra o cigarro
Associação de fumo com anticoncepcional aumenta riscos para a saúde

Todo mundo já sabe que o cigarro é um grande vilão para a saúde. No caso das mulheres, as consequências são maiores ainda.

Pensando nos fatores de risco à vida delas, a Organização Mundial de Saúde fez uma campanha mais feminina para o Dia Mundial sem Tabaco, em 31 de maio. O tema será "Os sexos e o tabagismo: a promoção do cigarro destinada às mulheres".

Na prática, o cigarro aumenta a taxa de infertilidade, causa alterações no ciclo menstrual, problemas durante a gravidez, doenças cardiovasculares e respiratórias. E tudo se complica quando entra em cena o anticoncepcional, pois quando esses dois elementos se juntam, os efeitos se potencializam enormemente.

De acordo com Denise Franco, mestre em endocrinologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), o anticoncepcional, quando associado ao tabagismo, aumenta em dez vezes o risco de trombose, em 39 vezes o de doenças cardiovasculares, como infarto agudo do miocárdio, e em 22 vezes o de acidente vascular cerebral (AVC) quando comparado a mulheres não fumantes.

— Mulheres que fumam estão mais sujeitas a iniciar a menopausa antes dos 45 anos de idade, o que pode aumentar o risco de osteoporose e doenças cardíacas — esclarece.

Normalmente, a mulher torna-se fumante na adolescência, ao mesmo tempo em que inicia sua vida sexual. Essa perigosa combinação faz parte da gênese e progressão de várias doenças que podem comprometer o aparelho reprodutor feminino como as vulvovaginites e o câncer de colo uterino — que é de duas a sete vezes mais prevalente entre fumantes.

— O cigarro pode acelerar o envelhecimento da pele e reduzir a expectativa de vida da mulher. Então, para buscar uma vida mais saudável é necessário parar de fumar e praticar exercícios físicos de forma rotineira, além de manter uma dieta equilibrada com frutas e verduras para enriquecer o cardápio — recomenda Denise.

Porém, as doenças e mortes prematuras causadas pelo tabagismo podem começar a ser evitadas no momento em que se abandona o cigarro e se inicia uma terapia orientada pelo médico. A Organização Mundial da Saúde (OMS) calcula que menos de 5% dos fumantes que tentam deixar o cigarro sem apoio médico se mantêm livres do fumo após o primeiro ano. É a dependência que está por trás do cigarro que explica por que tantas pessoas tentam inúmeras vezes parar de fumar e não conseguem. A entidade estima que mais de 5 milhões de pessoas morram vítimas dos efeitos do tabaco a cada ano, sendo 1 milhão só na América Latina.

Fonte: CDN.


http://www.fernandopaes.ppg.br/blog/wp-content/uploads/2008/05/cigarro.jpg

Dia Mundial sem Tabaco terá plantio de flores

Esse ano, a Organização Mundial da Saúde, OMS, escolheu como tema para as atividades comemorativas do Dia Mundial sem Tabaco, 31 de maio, "Gênero e tabaco com ênfase no marketing para mulheres". As ações visam a alertar sobre as estratégias que a indústria do tabaco utiliza para atingir o público feminino e acerca dos males que seus produtos causam à saúde da população e ao meio-ambiente. No Rio de Janeiro, a principal ação que marcará a data é o plantio de flores no jardim em frente à Reitoria da UFRJ.
FONTE: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/inca/portal/home


Sesa divulga pesquisa sobre consumo de cigarro entre estudantes

No dia 31 de maio, próxima segunda-feira, comemora-se o dia Mundial sem Tabaco. Além de promover ações em torno da data, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulga os resultados de uma pesquisa recém-finalizada sobre o consumo de cigarro e estudantes de escolas de Vitória. Entre as conclusões do estudo, destaque para a diminuição do número de fumantes e daqueles que gostariam de fumar.
Por Redação Multimídia ES Hoje (redacao@eshoje.com.br) Foto: Felipe Logli.

Em termos gerais, os resultados foram melhores se comparados à última pesquisa realizada em 2003, já que houve uma diminuição do número de alunos que usam o tabaco na Capital, passando de 15% para 12,25%. "Os adolescentes estão fumando menos", afirma a referência técnica do Programa de Tabagismo da Sesa, Hararrija Diório Sossai.

A quantidade de estudantes que não fumam, mas gostariam de experimentar o cigarro, também caiu: de 17,6% para 14,4%. "Em comparação com outros estados, a prevalência de fumantes é mais baixa aqui. O preocupante são esses 14,4%. Infelizmente ainda para o jovem o cigarro traz imagem de poder e de status. Ele sabe que faz mal, mas acaba fumando", diz Hararrija.

Ainda em comparação com a pesquisa realizada há sete anos, o percentual de estudantes que já fumaram caiu de 33,7% para 26,4%. Além disso, o número de alunos que fumam (prevalência), que era de 10%, atualmente é de 6,2%.

Os dados, porém, evidenciam uma informação preocupante, de que 90% dos fumantes começam a usar o tabaco antes dos 19 anos de idade.

Levantamento

A pesquisa atual teve início em outubro de 2009 e abrangeu 2.100 alunos de 25 escolas públicas e privadas. O objetivo é verificar a prevalência e a incidência do uso do tabaco entre estudantes de 13 a 15 anos de idade, da 8ª e 9ª séries do ensino fundamental, e 1º série do ensino médio.

Os dados coletados servirão para que o Programa de Controle de Tabagismo da Sesa possa avaliar as ações de prevenção realizadas, como o Saber Saúde, que desde 1998 desenvolve ações preventivas nas escolas para o controle do tabaco.

Ação

Nesta sexta-feira (28), das 9 às 12 horas, a Sesa, em parceria com o Hospital da Polícia Militar (HPM) e a Sociedade de Pneumologia do Espírito Santo, realiza, no Parque Pedra da Cebola, na Mata da Praia, em Vitória, um evento aberto ao público, com diversas atrações.

Com o tema "Mulher, Você Merece Algo Melhor que o Cigarro", desenvolvido pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), o evento contará com peça de teatro contra o fumo; atividades físicas, com medição de pressão arterial; teste de Fagerstrom (mede o grau de vício do fumante); e monoxímetro (uma espécie de bafômetro do cigarro), além da entrega de materiais educativos aos participantes e sorteio de brindes.


http://www.cigarro.med.br/bruxaruim.jpg



A fumaça do cigarro é uma mistura de aproximadamente 4.700 substâncias tóxicas diferentes; que constitui-se de duas fases fundamentais: a fase particulada e a fase gasosa. A fase gasosa é composta, entre outros por monóxido de carbono, amônia, cetonas, formaldeído, acetaldeído, acroleína. A fase particulada contém nicotina e alcatrão.

O alcatrão é um composto de mais de 40 substâncias comprovadamente cancerígenas, formado à partir da combustão dos derivados do tabaco. Entre elas, o arsênio, níquel, benzopireno, cádmio, resíduos de agrotóxicos, substâncias radioativas, como o Polônio 210, acetona, naftalina e até fósforo P4/P6, substâncias usadas para veneno de rato.
O monóxido de carbono (CO) tem afinidade com a hemoglobina (Hb) presente nos glóbulos vermelhos do sangue, que transportam oxigênio para todos os órgãos do corpo. A ligação do CO com a hemoglobina forma o composto chamado carboxihemoglobina, que dificulta a oxigenação do sangue, privando alguns órgãos do oxigênio e causando doenças como a aterosclerose.
A nicotina é considerada pela Organização Mundial da Saúde/OMS uma droga psicoativa que causa dependência. A nicotina age no sistema nervoso central como a cocaína, com uma diferença: chega em torno de 9 segundos ao cérebro. Por isso, o tabagismo é classificado como doença estando inserido no Código Internacional de Doenças (CID-10) no grupo de transtornos mentais e de comportamento devido ao uso de substância psicoativa. Além disso, a nicotina aumenta a liberação de catecolaminas, causando vasoconstricção, acelerando a freqüência cardíaca, causando hipertensão arterial e provocando uma maior adesividade plaquetária. A nicotina juntamente com o monóxido de carbono, provoca diversas doenças cardiovasculares. Além disso, estimula no aparelho gastrointestinal a produção de ácido clorídrico, o que pode causar úlcera gástrica. Também desencadeia a liberação de substâncias quimiotáxicas no pulmão, que estimulará um processo que irá destruir a elastina, provocando o enfisema pulmonar.
Leia mais:
http://www.inca.gov.br/tabagismo/
ttp://baudeideiasdaivanise.blogspot.com/




Fonte: http://www.cigarro.med.br/

PESQUISE POSTAGENS NO SITE

Filmes Educacionais

  • Escritores da Liberdade
  • Filhos do Silêncio
  • Meu Mestre minha Vida
  • Nell
  • O Livro Perigoso
  • O Milagre de Anna Sullivan
  • O Nome da Rosa
  • O Triunfo
  • O Óleo de Lorenzo
  • Sociedade dos Poetas Mortos

Contadores

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.

CANAL - Professora Marcia Valeria

Loading...

ACESSOS...



1.000.000 Acessos

Meus Agradecimentos...


16/11/2013 - 1.500.000 Acessos! Obrigada Senhor!




Recent Visitors