LUMINOSO

PLAY- CLIQUE PARA OUVIR A WEB RÁDIO CONEXÃO,NET

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Dia da Reforma Protestante - 31 de Outubro




A Reforma Protestante foi um movimento reformista cristão iniciado no início do século XVI por Martinho Lutero, quando através da publicação de suas 95 teses, em 31 de outubro de 1517 [1] [2] na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, protestou contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica, propondo uma reforma no catolicismo. Os princípios fundamentais da Reforma Protestante são conhecidos como os Cinco solas.[3]
Lutero foi apoiado por vários religiosos e governantes europeus provocando uma revolução religiosa, iniciada na Alemanha, e estendendo-se pela Suíça, França, Países Baixos, Reino Unido, Escandinávia e algumas partes do Leste europeu, principalmente os Países Bálticos e a Hungria. A resposta da Igreja Católica Romana foi o movimento conhecido como Contra-Reforma ou Reforma Católica, iniciada no Concílio de Trento.
O resultado da Reforma Protestante foi a divisão da chamada Igreja do Ocidente entre os católicos romanos e os reformados ou protestantes, originando o Protestantismo.


Ficheiro:95Thesen.jpg



Protestantismo

Um dos pontos de destaque da reforma é o fato de ela ter possibilitado um maior acesso à Bíblia, graças às traduções feitas por vários reformadores (entre eles o próprio Lutero) a partir do latim para as línguas nacionais.[70] Tal liberdade fez com que fossem criados diversos grupos independentes, conhecidos como denominações. Nas primeiras décadas após a Reforma Protestante, surgiram diversos grupos, destacando o Luteranismo e as Igrejas Reformadas ou calvinistas (Presbiterianismo e Congregacionalismo). Nos séculos seguintes, surgiram outras denominações reformadas, com destaque para os Batistas e os Metodistas.
A seguir, uma tabela ilustrando o surgimento a traves dos séculos das diferentes correntes ou ramos do Protestantismo.

Ramos do Protestantismo.
Martinho Lutero (Eisleben, 10 de novembro de 1483 - 
18 de fevereiro de 1546) foi um sacerdote agostiniano e professor 
de teologia alemão figura central da Reforma Protestante
Veementemente contestando a alegação de que a liberdade 
da punição de Deus sobre o pecado poderia ser comprada, confrontou o 
vendedor de indulgências Johann Tetzel com suas 95 Teses em 1517. 
Sua recusa em retirar seus escritos a pedido do Papa Leão X em 1520 
e do Imperador Carlos V na Dieta de Worms em 1521 resultou em sua
excomunhão pelo papa e a condenação como um fora-da-lei pelo imperador.
Lutero ensinava que a salvação não se consegue apenas com boas ações,
mas de um livre presente de Deus, recebida apenas pela graça
através da fé em Jesus como um redentor do pecado. 
Sua teologia desafiou a autoridade papal na Igreja Católica Romana
pois ele ensinava que a Bíblia é a única fonte de conhecimento 
divinamente revelada[1] e opôs-se ao sacerdotalismo, 
por considerar todos os cristãos batizados como um 
sacerdócio santo.[2] Aqueles que se identificavam com os 
ensinamentos de Lutero eram chamados luteranos.
Sua tradução da Bíblia em outros idiomas que não o latim)
fez o livro mais acessível, causando um impacto gigantesco 
na Igreja e na cultura alemã. Promoveu um desenvolvimento
de uma versão padrão da língua alemã, adicionando vários 
princípios à arte de traduzir[3], e influenciou a tradução para 
o inglês da Bíblia do Rei James.[4] Seus hinos influenciaram 
o desenvolvimento do ato de cantar em igrejas.[5] 
Seu casamento com Catarina von Bora estabeleceu um 
modelo para a prática do casamento clerical, permitindo o 
matrimônio de padres protestantes.[6]
Em seus últimos anos, Lutero tornou-se algo antissemita
chegando a escrever que as casas judaicas deveriam ser 
destruídas, e suas sinagogas queimadas, dinheiro confiscado e liberdade cerceada. 
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Reforma_Protestante
Os cinco solas são princípios fundamentais da  
Reforma Protestante:

Cinco Solas da Reforma
.
Sola fide (somente a fé);
Sola scriptura (somente a Escritura);
Solus Christus (somente Cristo);
Sola gratia (somente a graça);
Soli Deo gloria (glória somente a Deus).
.
Por que 5 Solas?
Na Reforma Protestante, foram enfatizadas cinco verdades 
caracterizadas pela palavra “somente” para distinguir dos
ensinos equivocados do catolicismo romano: Somente a 
Bíblia, somente a graça, somente a fé, somente Cristo 
e glória somente a Deus!
Estas verdades distinguem históricamente os 
evangélicos dos católicos romanos, que creem na Tradição  
(em acréscimo à Bíblia), nas obras (em acréscimo à fé e à graça),
nos santos mortos (em acréscimo a Cristo) o que resulta na 
glória do homem (em acrécimo à glória a Deus).
http://1.bp.blogspot.com/_AD-sjDJ58U0/TMn3--2m8HI/AAAAAAAADNk/UwSD6mMKb24/s1600/Dia+da+Reforma.jpg
Postado por: Professora Marcia Valeria

PESQUISE POSTAGENS NO SITE

Filmes Educacionais

  • Escritores da Liberdade
  • Filhos do Silêncio
  • Meu Mestre minha Vida
  • Nell
  • O Livro Perigoso
  • O Milagre de Anna Sullivan
  • O Nome da Rosa
  • O Triunfo
  • O Óleo de Lorenzo
  • Sociedade dos Poetas Mortos

Contadores

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.

CANAL - Professora Marcia Valeria

Loading...

ACESSOS...



1.000.000 Acessos

Meus Agradecimentos...


16/11/2013 - 1.500.000 Acessos! Obrigada Senhor!




Recent Visitors